sexta-feira, 9 de novembro de 2018

ESPETÁCULO INFANTIL ANIMA TENDA TPI NESTE SÁBADO




O Grupo de Arte e Vivência Vem pra Vida apresenta neste sábado (10/11), às 18h, na Tenda Teatro Popular de Ilhéus, o espetáculo O Reino adormecido.
A montagem conta a história de um reino muito alegre, onde as pessoas só vestem roupas muito coloridas e adoram cantar, pular e festejar. Tudo muda quando, de repente, algo muito inusitado acontece. Toda vida daquele lugar acaba tendo que se adaptar a uma nova realidade.
Promessa de muita diversão para a criançada.

Ingressos: R$12,00 inteira e R$6,00 meia.
Classificação Livre.



segunda-feira, 5 de novembro de 2018

PROGRAMAÇÃO DA TENDA TEATRO POPULAR DE ILHÉUS EM NOVEMBRO



  
A programação de novembro na Tenda TPI está repleta de boas atrações.

Logo nesta quinta-feira (08/11) tem “UMA CERTA MÃE CORAGEM”, às 19h. O novo espetáculo do grupo é a segunda parte da Trilogia da Guerra, iniciada com “Os Fuzis da Senhora Carrar” em 2017. A nova montagem, um relato sobre a Guerra dos Trinta Anos (ocorrida entre 1618 e 1648) na Europa dividida entre católicos e protestantes, narra a história de Mãe Coragem, uma vendedora andarilha. Ela acompanha a Guerra com seus filhos e sua carroça, comercializando de tudo. A montagem também homenageia Mãe Ilza Mukalê, uma mãe coragem que, como a personagem fictícia, teve que criar seus filhos sozinha.

 


Serviço:          
​UMA CERTA MÃE CORAGEM
Dia 08 (QUI) | 19h
INGRESSOS: R$ 30 e R$ 15







No sábado (10/11), às 18h, tem a peça infantil O REINO ADORMECIDO, do Grupo Vem pra Vida. Os ingressos custam R$ 12,00 (inteira) e R$ 6,00 (meia) 
No dia 16/11 (sexta-feira), às 20h, tem apresentação do espetáculo “O GRANDE YORICK”, da Trupe Teatro Sem Fim.
A montagem conta a história de Willian Chagas e sua luta para ser um grande artista dos palcos. Desde a infância sofrida na periferia, trabalhando com a mãe vendendo acarajé, e a fase adulta na cidade grande, onde ele vai em busca do seu sonho e descobre a ferocidade do sistema para aqueles que seguem a margem da sociedade.
A trama, passada nos dias de hoje, é livremente inspirada em dois grandes clássicos da literatura mundial: Dom Quixote de Cervantes (a triste figura), e Hamlet de Shakespeare (o príncipe louco da Dinamarca).
O diretor Ed Paixão explica que “em épocas tão conturbadas e difíceis, com a retirada dos direitos da classe trabalhadora, o país voltando a extrema pobreza, e com a classe artística sob ataque constante de medidas arbitrárias do governo, apresentar a peça ‘O Grande Yorick’ é um afrontamento consciente, que usa como força motriz o poder da arte teatral contra a opressão”.




Serviço:
O GRANDE YORICK
Dia 16 (SEX) | 20h
INGRESSOS: R$ 20 e R$ 10








No mês de novembro o CINE DEBATE acontece às quartas-feiras a partir do dia 14/11. O projeto consiste num bate papo após a exibição gratuita de um filme correlacionado ao tema do mês: Panafricanismo. Agende-se:


14/11 (Quarta-feira)
Amistad (1997) - Direção: Steven Spielberg
Duração: 2h35min

Uma representação épica de uma batalha sobre um navio cheio de escravos que se revoltam contra seus captadores em alto mar e ancoram em solo americano. Inicialmente, o argumento nas cortes era sobre o problema da propriedade e posse. Gradualmente, os advogados de defesa entendem que a humanidade dos homens vira mercadoria através da escravidão.

21/11 (Quarta-feira)

Mandela: longo caminho para a liberdade (2013) – Direção: Justin Chadwick
Duração: 2h32min

Inspirado na autobiografia de Nelson Mandela, lançada em 1994, o filme retrata todo o percurso traçado pelo líder sul-africano a partir de seu próprio ponto de vista, desde a sua infância, vivendo em uma pequena aldeia rural, até a eleição democrática ao cargo de Presidente da República da África do Sul. Em uma luta constante pelo fim do apartheid no país, Mandela (Idris Elba) chegou a passar 27 anos em cárcere pelo que acreditava.

28/11 (Quarta-feira)

Selma (2014) – Direção: Ava DuVernay
Duração: 2h 08min

Cinebiografia do pastor protestante e ativista social Martin Luther King Jr (David Oyelowo), que acompanha as históricas marchas realizadas por ele e manifestantes pacifistas em 1965, entre a cidade de Selma, no interior do Alabama, até a capital do estado, Montgomery, em busca de direitos eleitorais iguais para a comunidade afro-americana.



Fechando a programação de novembro tem o 1º ENCONTRO AFRO BAIANO DE ARTES – Edição Ilhéus. Atividade cultural com oficinas, apresentações artísticas e bate-papo.

Programação:


30/11 – sexta feira








19h - Show de abertura com Cijay (Ilhéus/Ba) e Banda Percussiva Dilazenze (Ilhéus/Ba) – Ingressos: R$ 12,00 inteira / R$ 6,00







01/12 – sábado 

09 às 12h – oficina de dança com Nanda Rachell (Inscrições no local – valor R$30,00)
19h  - Solo de dança: "IdEntidade", com Nanda Rachell (Jorge Silva cia de dança – Salvador/Ba) – Gratuito.
19h30 – Bate-Papo cultural. (Tema: A arte como espaço de resistência política). – Gratuito.
  

02/12 – Domingo
09h às 12h – oficina de teatro com Leno Sacramento (Inscrições no local – valor R$30,00)
18h – Apresentação do monólogo En(Cruz)Ilhada, com Leno Sacramento (Bando de Teatro Olodum - Salvador/BA) – Ingressos: Inteira – R$10,00 / Meia – R$ 5,00.

sexta-feira, 19 de outubro de 2018

RESULTADO DA AUDIÇÃO PARA O ESPETÁCULO ITA – UMA TUPINAMBÁ EM BUSCA DO MANTO SAGRADO



           O Teatro Popular de Ilhéus informa que após a audição ocorrida ontem (18/10), na Tenda TPI, a equipe do espetáculo já selecionou a atriz-mirim que fará a personagem.
          No encontro muito divertido com o elenco da peça, todas as meninas se destacaram. Escolheu-se, com muita dificuldade, a atriz que mais correspondia ao perfil da personagem Ita, uma índia. Parabéns Ana Camila Silva de Carvalho. Estamos te aguardando para iniciarmos os ensaios.


terça-feira, 16 de outubro de 2018

OFICINA DE MEDIAÇÃO CULTURAL NA TENDA TPI






            O Teatro Popular de Ilhéus, através do projeto de manutenção (financiado pelo fundo de cultura do Estado da Bahia), torna público o curso em mediação cultural na Tenda TPI realizado de 12 a 15 de outubro, das 08h às 20h30, com a equipe do grupo e a facilitadora Poliana Bicalho.
Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas│ UFBA (2016), com pesquisa voltada ao campo da mediação cultural/teatral, Poliana é formada em Licenciatura em Teatro│UFBA (2011) e Comunicação com habilitação em Jornalismo│UESB (2008). Professora de teatro da Rede Municipal de Educação de Salvador (BA) e tutora no Curso de Licenciatura em Dança da UFBA, Poliana veio a Ilhéus para ministrar a oficina de formação artístico-cultural com carga horária total de 50h.
            Destinado à equipe do Teatro Popular de Ilhéus, o curso teórico-prático em mediação cultural tem como objetivo formar e capacitar a equipe de mediadores do TPI. A atividade tratou sobre a importância de uma boa mediação aos produtos culturais do grupo com recorte na práxis no campo das artes cênicas.

TEATRO POPULAR DE ILHÉUS APRESENTA NESTA SEXTA-FEIRA UMA CERTA MÃE CORAGEM





Uma Certa Mãe Coragem, novo espetáculo do Teatro Popular de Ilhéus, é a atração da Tenda TPI desta sexta-feira (19/10).
Com texto de Paulo Atto e direção de Romualdo Lisboa, a peça é inspirada na obra Mãe Coragem e seus filhos, de B. Brecht, e conta a trajetória de Anna Fierling, uma vivandeira, apelidada de Mãe Coragem, que acompanha o exército sueco com sua carroça e vive os horrores da guerra que a faz lucrar.
No elenco Ely Izidro, Tânia Barbosa, Takaro Victor, Franklin Costa, Pedro Albuquerque, Aldenor Garcia, Maria Cândida, Pablo Lisboa, Genícia Barbosa e Laiane Vitória dão vida às personagens desta história passada na guerra dos trinta anos, na Europa.
O novo trabalho é a segunda parte da Trilogia da Guerra, iniciada em 2017 com “Os fuzis da Senhora Carrar”.
Mais informações pelo telefone (73) 4102-0580 (das 14h às 18h).


SERVIÇO:

ESPETÁCULO “UMA CERTA MÃE CORAGEM”
QUANDO: 19/10 (SEXTA-FEIRA), 19H
ONDE: TENDA TEATRO POPULAR DE ILHÉUS, AV. SOARES LOPES
INGRESSO: R$30,00 INTEIRA, R$15,00 MEIA

quinta-feira, 11 de outubro de 2018

AUDIÇÃO PARA NOVO ESPETÁCULO INFANTIL DO TEATRO POPULAR DE ILHÉUS



O Teatro Popular de Ilhéus abre inscrições para seleção de elenco do espetáculo Ita - uma tupinambá em busca do manto sagrado, nova peça infantil do grupo.
            Com direção de Tânia Barbosa e Naiara Gramacho, a montagem precisa de uma atriz, entre 09 e 11 anos de idade, para fazer a protagonista.
Interessadas devem se inscrever no link https://goo.gl/forms/aBGJnwrgJfS54A8i2 até o dia 17 de outubro. A audição acontece no dia 18/10, às 18h, na Tenda Teatro Popular de Ilhéus.
A estreia da peça está prevista para dezembro deste ano no mesmo local da audição.
Mais informações pelo telefone (73) 4102-0580 (das 14h às 18h).

segunda-feira, 8 de outubro de 2018

PROGRAMAÇÃO ESPECIAL DE OUTUBRO NA TENDA TPI








             A programação de outubro na Tenda Teatro Popular de Ilhéus está especial para as crianças.
            Dia 09 (terça-feira), às 18h, tem exibição do filme Moana – Um mar de Aventuras. A atividade gratuita faz parte do projeto Cine Debate. Consiste na exibição de um filme ligado ao tema do mês (neste caso, mundo infantil) e, após a sessão, um debate sobre os temas abordados no filme. No dia 23 (terça-feira), também às 18h, o projeto volta em cartaz para a apresentação do filme Coraline e o Mundo Secreto. Professores, psicólogos e educadores são convidados para um bate papo com a plateia. Imperdível!

            Na quarta-feira (dia 10/10) o Observatório Astronômico da UESC e o Planetário Bolha do Céu trazem histórias sobre o céu estrelado para a Tenda. Os planetas Júpiter e Saturno poderão ser vistos por telescópios. O planetário e o seu cinema imersivo nos levarão para uma viagem pelo Sistema Solar. Às 18h. Sessões com duração de 30 min custam R$12,00 inteira e R$6,00 a meia.
        
    No dia 11 (quinta-feira), às 17h, e 13 de outubro (sábado), às 18h, tem a volta do espetáculo CLOWNTILDES VARIETÉ. Uma combinação entre o charme burlesco dos cabarés e a irreverencia do circo brasileiro, o show reúne mulheres palhaças para apresentar seus números. Proporcionando ao público uma noite de diversão e encantamento. Ingressos R$12,00 (inteira) e R$06,00 (meia).
            E atenção. Nos dias 19 (sexta-feira) e 27 (sábado) deste mês os adultos poderão se deleitar com a nova montagem do Teatro Popular de Ilhéus. Uma Certa Mãe Coragem, estreada no primeiro sábado do mês, é a segunda parte da Trilogia da Guerra, iniciada em 2017 com “Os fuzis da Senhora Carrar”. A peça conta a trajetória de Anna Fierling, uma vivandeira, apelidada de Mãe Coragem, que acompanha o exército sueco com sua carroça e vive os horrores da guerra que a faz lucrar. Inspirada na obra Mãe Coragem e seus filhos, de Bertold Brecht.
            Mais informações no site https://www.teatropopulardeilheus.com.br/ ou pelo telefone (73) 4102-0580 (das 14h às 18h).



segunda-feira, 1 de outubro de 2018

TEATRO POPULAR DE ILHÉUS ADERE À CAMPANHA DE SOLIDARIEDADE







No mês das crianças o Teatro Popular de Ilhéus realiza parceria com o Movimento de Educação Popular Integral e Promoção Social FÉ E ALEGRIA. Agora todos que forem na Tenda TPI podem colaborar doando alimentos não perecíveis à instituição.
A proposta educativa do Fé e Alegria está presente em 20 países (3 continentes) ao redor do mundo. No Brasil atua em 14 estados.
Em Ilhéus desde 1999, inaugurou a Escola CEFA no Nossa Senhora da Vitória, onde são atendidos 500 educandos/as na Educação Formal (Fundamental I). Em 2011 iniciou atividades socioeducativas, atendendo 200 jovens com oficinas de Artes (música, teatro, cultura afro e dança) e oficinas de Valores e Cidadania no contra turno escolar.
Este ano assumiu o Espaço Sociocultural Criart, no Salobrinho, atendendo 80 educandos que se encontram em vulnerabilidade social.


As doações são necessárias para a alimentação dos alunos que, muitas vezes, encontram na instituição o único espaço para obter as refeições diárias.
Seja solidário. Contribua!



quinta-feira, 27 de setembro de 2018

TEATRO POPULAR DE ILHÉUS ESTREIA NOVO ESPETÁCULO NA TENDA TPI




A espera acabou! Uma Certa Mãe Coragem, novo espetáculo do Teatro Popular de Ilhéus, estreia no primeiro fim de semana de outubro, na Tenda TPI.
Com texto de Paulo Atto e direção de Romualdo Lisboa, a peça inspirada na obra Mãe Coragem e seus filhos, de B. Brecht, está sendo preparada há mais de um ano. No elenco Ely Izidro, Tânia Barbosa, Takaro Victor, Franklin Costa, Pedro Albuquerque, Aldenor Garcia, Maria Cândida, Pablo Lisboa, Genícia Barbosa e Laiane Vitória dão vida às personagens desta história passada na guerra dos trinta anos, na Europa.
A montagem conta a trajetória de Anna Fierling, uma vivandeira, apelidada de Mãe Coragem, que acompanha o exército sueco com sua carroça e vive os horrores da guerra que a faz lucrar.
O novo trabalho é a segunda parte da Trilogia da Guerra, iniciada em 2017 com “Os fuzis da Senhora Carrar”. Romualdo explica que “o grupo segue a pesquisa em torno do Teatro Épico do poeta e dramaturgo alemão Bertold Brecht. Isso faz com que a gente tenha mergulhado no universo de três obras com temáticas semelhantes envolvendo a guerra: Os fuzis da Senhora Carrar, Mãe Coragem e seus filhos e A Santa Joana dos Matadouros. Estamos trabalhando muito para trazer uma nova montagem com a marca do Teatro Popular de Ilhéus.
          O espetáculo conta com cenário, figurinos e adereços produzidos por Shicó do Mamulengo. A confecção das roupas ficou por conta das alunas e alunos do Curso de Figurino e Adereços do Teatro Popular de Ilhéus.
            A direção musical é de Antônio Melo e a iluminação de José Carlos N’gão.
Romualdo Lisboa explica que, com esta montagem, “o TPI quer, a partir de suas ferramentas, analisar o Brasil. Um país de grandes possibilidades, mas que está sujeito a todo instante aos fantasmas do fascismo, da ignorância, do machismo, preconceito, discriminação. E quer, para além de tudo, mostrar que uma nova sociedade é possível, mais justa, libertária e humana”.
A pré-estreia acontece para colaboradores e convidados no dia 05 de outubro, às 19h, e a temporada, com início no dia 06 (mesmo horário) segue nos dias 19 e 27 de outubro, 08/11 e 08/12.
Mais informações pelo telefone (73) 4102-0580 (das 14h às 18h).

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

SHICÓ DO MAMULENGO FAZ APRESENTAÇÃO ÚNICA NA TENDA TEATRO POPULAR DE ILHÉUS


Único espetáculo a se apresentar este mês na Tenda TPI, O brinquedo de João Redondo, do artista potiguar Shicó do Mamulengo, acontece neste sábado (25/08), às 19h. A contação, com linguagem popular e comicidade lúdica, interage com a plateia e mantem a diversão garantida para o público de todas as idades.
Nascido em Açú-RN, o ator se desdobra em muitos personagens para contar a história de um fazendeiro (João Redondo) e seu filho adotivo (Baltazar), um rapaz ingênuo e atrapalhado que vive situações engraçadas no decorrer do espetáculo. Para complicar ainda mais, João Redondo manda trazer um professor para ensinar Baltazar a ler e escrever.
A montagem é uma grande homenagem à cultura brasileira e suas raízes afro-lusitanas. Com boi de bumba, preto velho e muito coco e repente.
Nascido Francisco de Assis, Shicó do Mamulengo trabalha há 11 anos baseado no brinquedo do mestre Chico Daniel, conhecido dentro e fora do pais. Ator, figurinista, aderecista, cenógrafo, bonequeiro e poeta, Shicó, segundo ele mesmo, “é um conservador da cultura popular com título de matuto e formatura em sabenças nordestinas”.
A Tenda TPI está localizada na Avenida Soares Lopes, próxima ao Cine Santa Clara, e é administrada pelo Teatro Popular de Ilhéus, grupo apoiado pelo Fundo de Cultura do Estado da Bahia.
           Mais informações pelo telefone (73) 4102-0580 ou no site www.teatropopulardeilheus.com.br.

O quê: Shicó do Mamulengo no brinquedo de João Redondo
Quando: Dia 25 | SÁB | 19H
Onde: Tenda Teatro Popular de Ilhéus
INGRESSOS: R$ 20 e R$ 10


quinta-feira, 9 de agosto de 2018

TEATRO POPULAR DE ILHÉUS PREPARA NOVO ESPETÁCULO DA TRILOGIA DA GUERRA






            Quando, em 2017, o Teatro Popular de Ilhéus montou “Os fuzis da Senhora Carrar”, o grupo havia dado início à Trilogia da Guerra. A pesquisa em torno do Teatro Épico do poeta e dramaturgo alemão Bertold Brecht fez com que o TPI se debruçasse sobre três obras com temáticas semelhantes envolvendo a guerra: Os fuzis da Senhora Carrar, Mãe Coragem e seus filhos e A Santa Joana dos Matadouros.
            Nesta segunda montagem, passada na guerra dos trinta anos, o TPI se prepara para contar a trajetória de Anna Fierling, uma vivandeira, apelidada de Mãe Coragem, que acompanha o exército sueco com sua carroça e vive os horrores da guerra que a faz lucrar.
            O novo espetáculo, chamado Uma certa Mãe Coragem, tem direção de Romualdo Lisboa e texto de Paulo Atto, que adaptou a obra de Brecht com uma linguagem perspicaz e em sintonia com o Teatro Popular de Ilhéus.
            A peça, que estreia em setembro na Tenda TPI, conta com o elenco formado por Ely Izidro, Tânia Barbosa, Takaro Victor, Franklin Costa, Pedro Albuquerque, Aldenor Garcia, Maria Cândida, Pablo Lisboa, Genícia Barbosa e Laiane Vitória. Cenário, figurinos e adereços são assinados por Shicó do Mamulengo, que conta com os alunos do Curso de Figurino e Adereços do Teatro Popular de Ilhéus na confecção das peças.
            Ao dar continuidade à Trilogia da Guerra, Romualdo Lisboa explica que “o TPI quer, a partir de suas ferramentas, analisar o Brasil. Um país de grandes possibilidades, mas que está sujeito a todo instante aos fantasmas do fascismo, da ignorância, do machismo, preconceito, discriminação. E quer, para além de tudo, mostrar que uma nova sociedade é possível, mais justa, libertária e humana”.


NOTA: PROGRAMAÇÃO DE AGOSTO NA TENDA TPI

Por conta da montagem do espetáculo Uma certa Mãe Coragem, que tem estreia prevista para o mês de setembro, a Tenda Teatro Popular de Ilhéus terá a programação reduzida este mês.
Tânia Barbosa, coordenadora de programação do espaço cultural explica que “por conta do caráter pedagógico da Tenda, as aulas de bateria, figurino, violão, teclado e capoeira estão mantidas, entretanto, com as pautas destinadas aos ensaios, só teremos a apresentação da peça O brinquedo de João Redondo, do artista Shicó do Mamulengo. Ainda faltam ser definidos os horários, mas a atividade será nos dias 17 e 25 de agosto ”.
Único espetáculo a se apresentar este mês na Tenda TPI, O brinquedo de João Redondo é uma contação de histórias do artista potiguar Shicó do Mamulengo. Com a linguagem popular e a comicidade lúdica, o ator nascido em Açú-RN interage com a plateia e mantem a diversão garantida.
A Tenda TPI está localizada na Avenida Soares Lopes, próxima ao Cine Santa Clara, e é administrada pelo Teatro Popular de Ilhéus, grupo apoiado pelo Fundo de Cultura do Estado da Bahia.

Observação: As aulas de bateria, figurino, violão, teclado e capoeira seguem acontecendo normalmente (todas com inscrições abertas). Mais informações pelo telefone 73 4102-0580 ou no site www.teatropopulardeilheus.com.br.

quinta-feira, 26 de julho de 2018

DESASTRE AMBIENTAL É TEMA DE ESPETÁCULO NA TENDA TPI




O espetáculo MARIANA – A história que se perdeu está de volta à Tenda Teatro Popular de Ilhéus. Nos dias 27 e 28 (sexta-feira e sábado), às 19h, o público poderá assistir a montagem do grupo A-RRISCA de Dança que faz questionamento a respeito do desastre ambiental em 2015 que afetou 35 cidades no estado de Minas Gerais e 3 no Espírito Santo.
Emocionante e surpreendente a cada cena, MARIANA – A história que se perdeu faz o público refletir sobre o descaso das mídias e das autoridades, os prejuízos econômicos e ambientais e o desespero e desamparo das pessoas atingidas.


O quê: Mariana – a história que se perdeu
Quando: sexta-feira (27/07) e Sábado (28/07) às 19h
Onde: Tenda Teatro Popular de Ilhéus.
Ingressos: R$ 20,00 inteira / R$10,00 meia.